Introdução a psicologia no trading financeiro.

Quando se trata de trading nos mercados financeiros, os assuntos mais ignorados são aqueles que lidam com psicologia.

A maioria dos traders passa dias, meses ou mesmo anos a tentar encontrar o sistema certo. Mas ter um sistema é apenas uma das partes necessárias.

Não entendam mal, é muito importante ter um sistema que se adapte perfeitamente ao trader, mas é tão importante como ter um plano de gerir o dinheiro, como também entender todas as barreiras de psicologia que podem afetar as decisões dos traders.

Para ter sucesso neste negócio, deve haver equilíbrio entre todos os aspectos importantes do trading.

No ambiente de trading financeiro, quando perdemos um trade, qual é a primeira idéia que nos aparece na mente?

Provavelmente seria: “Deve haver algo de errado com o meu sistema”, ou “Eu sabia, não deveria ter entrado nesse trade” (mesmo quando o sistema o sinalizou).

Mas, às vezes, precisamos cavar um pouco mais fundo para ver a natureza do nosso erro e, em seguida, trabalhar de acordo com isso.

No mercado financeiro, apenas 5% dos traders alcançam o objetivo final: ser consistente nos lucros.

O que é interessante, porém, é que há apenas uma pequena diferença entre esses 5% dos traders e os restantes 95%.

É que os 5% crescem a partir dos erros; os erros são uma experiência de aprendizagem, eles aprendem uma lição sobre cada erro cometido.

Um erro é visto mais como uma chance de fazer melhor na próxima vez, porque eles sabem que podem ter um resultado positivo na próxima vez. E, no final, essa pequena diferença torna-se numa grande diferença.

Erros no ambiente do trading

A maioria dos traders relaciona um erro no trading com o resultado (em termos de dinheiro) de qualquer trade.

A verdade é que um erro não tem nada a ver com isso, os erros são cometidos quando certas diretrizes não são seguidas.

Quando as regras que tu estabeleceste são violadas. Considera, por exemplo, os seguintes cenários:

Primeiro cenário: o sistema sinaliza um trade.

1. O teu sistema dá um sinal para negociar o trade acaba por ser um trade rentável.

Resultado do comércio: positivo, ganhou dinheiro.
Experiência adquirida: é bom seguir o sistema, se eu fizer isso de forma consistente, as chances se tornarão a meu favor. A confiança é adquirida.
Erro feito: nenhum.

2. O teu sistema dá um sinal para negociar, o trade acaba por ser um trade de perda.

Resultado do comércio: negativo, perda de dinheiro.
Experiência adquirida: é impossível ganhar todos os trades, um trade que resultado em uma perda é apenas uma parte do negócio. Mesmo com esse comércio perdido, o trader orgulha-se de si mesmo por seguir o sistema. A confiança no trading é adquirida.
Erro feito: nenhum.

3. O teu sistema dá um sinal mas tu não entras no trade e o trade acaba por ser um trade lucrativo.

Resultado do comércio: Neutral.
Experiência adquirida: Frustração, o trader parece que entra sempre em trades que acabam em perda e não aproveita os sinais rentáveis. O trader perde a confiança.
Confirmação de erro: não aceitou o trade que o sistema o sinalizou.

4. O teu sistema dá um sinal, mas tu não entras no trade, mas o trade acaba por ser um trade de perda.

Resultado do comércio: Neutral.
Experiência adquirida: o trader começará a pensar “ei, eu sou melhor que meu sistema”. O trader começa a achar que o seu “sentimento” é mais inteligente do que o próprio sistema. A partir deste momento, o trader itá ignorar o sistema. Este erro tem efeitos catastróficos sobre a nossa confiança no sistema. A confiança do trader se transforma em excesso de confiança.
Erro feito: não aceitou o trade que o sistema sinalizou.

Segundo cenário: o sistema não sinaliza nenhum trade.

1. Nenhum trade é feito

Resultado do comércio: Neutro
Experiência adquirida: boa disciplina, nós só precisamos fazer trades quando as probabilidades estão a nosso favor, exatamente quando o sistema o sinaliza. A confiança é adquirida..
Erro feito: nenhum

2. Um trade é feito, acaba por ser um comércio lucrativo.

Resultado do comércio: positivo, ganhou dinheiro.
Experiência adquirida: este erro tem efeitos mais catastróficos no próprio trader, o sistema é importante na carreira dum trader. Vais começar a pensar que não precisa do sistema. A partir deste ponto, começará a negociar com base no que pensa ou sente. A confiança no sistema é totalmente perdida. A confiança do trader se transforma em excesso de confiança.
Erro feito: Foi feito um trade quando não houve o sinal do sistema.

3. Um negócio foi realizado e acabou em um trade perdido.

Resultado do comércio: negativo, perda de dinheiro.
Experiência adquirida: o trader repensará a sua estratégia. Na próxima vez, o trader vai pensar duas vezes antes de entrar em um trade quando o sistema não o sinalizar. O trader irá pensar: “Ok, é melhor entrar no mercado quando o meu sistema o sinalizar, apenas esses negócios têm maior probabilidade de sucesso”. A confiança no sistema é adquirida.
Erro feito: foi feito um trade quando não houve sinal do sistema

Como podes ver, não há absolutamente nenhuma correlação entre o resultado do trade e um erro.

O erro mais catastrófico ainda teve um resultado positivo, mas esse poderia ser o começo do fim da carreira do trader.

Como já disse, os erros só devem ser relacionados à violação das regras em que um trader negocia.

Todos esses erros foram diretamente relacionados aos sinais dados por um sistema, mas o mesmo é aplicado quando sais de um trade.

Também há erros relacionados ao seguir um plano de trading. Por exemplo, arriscar mais dinheiro em um determinado trade do que o valor que o trader deveria ter arriscar e etc.

A maioria dos erros pode ser evitada primeiro tendo um plano de trading.

Um plano de trading inclui o sistema: os critérios que usamos para entrar e sair do mercado, o plano de gerir o dinheiro: quanto arriscaremos em qualquer comércio e muitos outros pontos.

Em segundo lugar, e o mais importante, precisamos ter a disciplina para seguir rigorosamente o nosso plano.

Então, a única coisa sobre a qual estamos certos é que, se seguimos o nosso plano, a decisão tomada é sobre o nosso melhor interesse e, a longo prazo, essas decisões nos ajudarão a obter melhores resultados.

Nós não precisamos nos preocupar com eventos isolados, ou com trades que poderiam nos dar melhores resultados no início, pois esses também poderiam ter um resultados catastróficos em nossa carreira.

Como lidar com erros

Existem muitas maneiras possíveis de gerir os erros adequadamente. Então escolhemos o que funciona melhor para nós.

Primeiro passo: mudar de crença.

Todos os erros são uma experiência de aprendizagem. Um erro têm algo valioso para oferecer.

Tente contrariar a tendência natural de te sentir frustrado. Em vez de te sentires desapontado, pergunta a ti mesmo “ok, fiz algo de errado, o que aconteceu?”

Passo dois: identifica o erro cometido.

Encontra o erro, descobre o que causou o erro e tenta ao máximo ver efetivamente a natureza desse erro.

Ao descobrir o erro, evitará que cometas o mesmo erro novamente.

Tomemos, por exemplo, um trader que não segue o sistema. A razão por trás disso pode ser que trader tenha medo de perder dinheiro. Mas então, por que ele ou ela teem medo?

Pode ser que o trader esteja usando um sistema que não lhe corresponda e que seja difícil seguir todos os sinais. Neste caso, como podes ver, a natureza do erro não está na superfície.

Precisas tentar o máximo que puderes para encontrar a verdadeira razão do erro.

Passo três: Medir as consequências do erro.

Lista as consequências de cometer esse erro em particular, tanto bom como ruim.

As boas consequências são aquelas que nos tornam melhores traders depois de lidarmos com o erro.

Pense em todas as razões possíveis para aprender o que aconteceu.

Para o mesmo exemplo acima, quais são as consequências de cometer esse erro?

Bem, se não seguires o sistema, perderás a confiança gradualmente nisso, e isso no final te colocará em trades que preferias não ter feito, e fazer-te ficares fora dos trades em que deverias estar.

Passo quatro: agir.

Toma medidas adequadas é o último e mais importante passo.

Para aprender, precisas mudar o teu comportamento.

Certificar-te de que, seja o que for que faças, que te tornes “à prova de erros”.

Ao agir, transformamos todos os erros em uma pequena parte do sucesso em nossa carreira de trader.

Continuando com o mesmo exemplo, redefinir o sistema seria o último passo do trader.

O trader deve criar um sistema que se encaixe perfeitamente nele, dessa forma o trader não encontra nenhum problema em segui-lo.

Compreender o fato de que o resultado de qualquer trade não tem nada a ver com um erro abrirá a tua mente para outras possibilidades, onde poderás entender a natureza de cada erro cometido.

Isso, ao mesmo tempo, abrirá as portas para a tua carreira no trading enquanto trabalhas e adotas ações apropriadas em cada erro cometido.

O processo de sucesso é lento, e muitas vezes é atribuído a erros repetidos e a luta constante para superar esses erros e trabalhar neles em conformidade.

Como lidamos com eles, moldara nosso futuro como traders e, o mais importante, como pessoas.

Ao teu sucesso

O trader

Poderá ser interessante leres também os artigos: Como criar um plano de trading e A importância de ter uma diário de trading

Deixe um comentário