Como criar uma estratégia para negociar no mercado financeiro?

Como qualquer coisa na vida, para seres bem-sucedido precisas de uma boa estratégia.

Algo tão simples como viajar para algum lugar onde nunca estiveste antes exige uma estratégia (um mapa para te guiar para onde queres ir).

Se quiseres perder peso, precisas seguir um plano de alimentação saudável para o fazer. E se quiseres ganhar dinheiro no mercado, deves seguir um método, o teu método.

Seguir uma estratégia de trading pode ajudar-te a alcançar os teus objetivos.

Como diz o ditado: “uma boa estratégia funciona bem quando é usada”. E quanto mais a usares, mais confiante tu te tornaras, e por conseguinte ficas mais propenso a continuar a usa-la.

E esta é a receita para o sucesso, especialmente no trading financeiro.

Uma estratégia também ajuda-te a superar o maior obstáculo em qualquer coisa que faças – as tuas emoções.

O que é uma estratégia de trading financeiro?

Uma estratégia de trading pode consistir nestas 5 partes:

  • As condições do mercado atual.
  • Um sinal de entrada.
  • Um ponto de stop loss.
  • Um ponto de saída do mercado ou take profit.
  • Um tamanho de posição.

As condições do mercado correspondem aos critérios ou características do mercado, por exemplo, podes pensar em procurar oportunidades de entrar no mercado quando ele estiver numa tendência bem definida.

O sinal de entrada é um sinal exclusivo que usas para justificar a abertura de uma posição de compra ou venda. Há todos os tipos de sinais que podem ser usados para entrar no mercado, normalmente envolvem algum tipo determinado de padrão ou configuração.

O stop loss é o risco que te sente confortável de assumir no caso do pior cenário acontecer. O teu stop loss terá de ser um valor que garanta que te mantenhas no trading a longo-termo (ou seja, vou arriscar não mais de 3% da minha conta por negocio, por exemplo). O stop loss é essencial para te protegeres quando o mercado vai contra a tua posição no mercado.

A estratégia de saída é um fator sobre o qual tens o controlo total. É importante investir algum tempo para pensares na tua estratégia de saída, por uma razão muito boa: tu não ganhas dinheiro quando entras no mercado, tu ganha dinheiro quando sais do mercado. Muitas pessoas se concentram apenas no ponto de entrada no mercado, ou no que compram, em vez de pensar em, quando devem sair do mercado.

O tamanho da posição é aquela parte da tua estratégia que controla a quantidade de lots ou ações que negocias. Ela determina “quanto” deves investir em cada trade. É através do tamanho da posição que vais alcançar os teus objetivos.

estratégia

Como é que eu criei a minha estratégia de trading?

O conceito que eu usei para criar a minha estratégia foi o conceito da criatividade e imaginação.

Tudo o que é necessário para exercer a criatividade para criarmos o que quer que seja é pedir emprestado do que já existe e reorganizar o material em novas combinações.

Este processo é chamado de imaginação. A imaginação na sua natureza é tanto interpretativa como criativa.

Isso significa que ela pode receber impressões e ideias, e assim podes usar essas impressões e ideias para formar novas combinações.

Assim, qualquer pessoa pode tirar informações de fontes ilimitadas e transformar essa informação em ​​novas combinações.

Ter infinitas combinações ou ideias novas é, sem debate, uma das ferramentas mais valiosa que alguém pode ter.

Um exemplo notável do quanto este conceito é poderoso, pode ser ao examinar os esforços de Thomas Edison.

A invenção da lâmpada não era nada mais do que uma combinação de dois velhos e bem conhecidos princípios, o calor e a corrente elétrica.

Em seguida, ele simplesmente juntou os dois princípios em uma nova combinação.

Resumindo este conceito poderoso: estimula a tua imaginação ao fazer novas conexões entre múltiplos princípios e aplica-os a coisas que são exclusivas à tua situação.

Aspetos importantes a ter em conta

A maioria das pessoas não perde tempo para pensar o que elas realmente querem do trading financeiro em primeiro lugar.

Elas não têm objetivos específicos em mente. É comum apenas ter-se um conceito vago na cabeças, como: “quero fazer um monte de dinheiro”.

Exemplos de possíveis objectivos:

  • Eu quero tornar-me num trader a tempo-inteiro, fazer 30% por ano com um stop loss não maior do que metade disso.
  • Eu quero gastar menos de três horas por semana no trading e obter o rendimento máximo da minha estratégia.
  • O meu objectivo central é minimizar o risco e maximizar os retornos.
  • etc…

Outro aspeto que é preciso ter bastante em conta é que nenhuma estratégia é uma máquina de fazer dinheiro que pode ser ligada para imprimir dinheiro para sempre.

A evolução do teu desempenho no trading no mercado financeiro não virá de algum indicador que prediz o mercado.

Ela vem de aprender a arte de negociar e compreender como criar uma estratégia de trading que se adeqúe aos teus desejos, necessidades e estilo de vida.

Então pergunta-te a ti mesmo, quanto tempo e dinheiro estas disposto a perder para tentar as estratégias de outras pessoas? Cria a tua próprio estratégia e pratica-a.

Ao teu sucesso

O trader

Pode ser interessante leres também o artigo: As nossas crenças e o trading financeiro

Deixe um comentário