As nossas crenças e o trading financeiro

As crenças são apenas uma expressão dos pensamentos. Nós vivemos a vida com base em crenças. Num complexo sistema de crenças.

E esse sistema é tão perfeitamente integrado com o que chamamos de “nosso mundo”, que algumas delas são pela maioria das pessoas assumidas como naturais e dessa forma aceitam-nas sem as questionar.

Os próprios conceitos, as imagens, os símbolos e a linguagem são confundidos com a realidade.

Embora nós aceitemos os conceitos como uma verdade, a conceptualização em si mesma é um pensamento. Muito provavelmente a realidade não existe apenas como conceito.

Nós somos nada mais do que uma membrana com sensores muito particulares. Filtramos a informação apenas por tipos bem definidos de experiências, somos equipados com sentidos limitados e tendenciosos. Nós não somos observadores neutros e objetivos.

É por essa razão que eu gosto bastante da premissa do filme The Matrix. Porque “a matriz” é muito mais real do que a maioria das pessoas consegue perceber.

Quando nomeias e atribuis adjectivos e frases a algo, estas a tentar dar significado ao mundo ao teu redor. Nós moldamos o mundo inteiro por nossas palavras, pensamentos e crenças, e isso pode ser visto como a matriz.

E para te tornares consciente disso, tens que tomar o comprimido vermelho. Pois, se tomares o comprimo azul, a história termina e acordas na tua cama a acreditar no que quer que seja.

Tomas o comprimido vermelho, ficas no “País das Maravilhas” e é te revelado onde a toca do coelho vai dar.

The Matrix

Quando pensas bem na metáfora “do comprimido vermelho” do filme The Matrix, aprendes que aquilo que chamamos de realidade é moldado pelas nossas crenças e o mundo abre-se para uma infinidade de possibilidades.

Percebes que és livre para te transformares e libertares das crenças inúteis e podes adotar outras mais úteis.

Há vários passos que podes dar para entrar na “toca do coelho”. O primeiro, é examinares as tuas crenças.

É preciso entender que tu não negocias os mercados, tu negocias as tuas crenças que tens sobre os mercados.

E se as tuas crenças não são úteis, vais ter grandes dificuldades. Mesmo quem não é trader e quem não é investidor podem ter crenças sobre o mercado, e se realmente examinar essas crenças, verás que a maioria delas não são úteis.

Examina as tuas crenças: para onde te levam as tuas crenças? O que elas te oferecem? O que acontece, por exemplo, quando acreditas que o segredo para o sucesso no mercado é ser bom a fazer análise técnica? Quem serias tu se não tivesses as tuas crenças? As tuas crenças são úteis? Eles servem o seu propósito?

Examinar

Enquanto viajas por essas questões criticas, começas a conhecer um monte de aspetos diferentes sobre ti próprio. Por exemplo, podes chegar a alguns destes pensamentos:

  • O pensamento perfecionista, que não vai deixar que faças nada até que tenha a certeza de que as coisas estão perfeitas. Esta definição de perfeição pode ser: ganhar dinheiro em cada negociação no mercado. Não é muito útil acreditar nisso, mas as pessoas têm crenças como estas. Esta crença leva-te ao trader que não aguenta perder e que está sempre com medo de fazer qualquer coisa que possa fazer com que ele perca dinheiro.
  • O pensamento pesquisador, que está sempre a tentar algo novo. Isso pode ser útil para um trader, mas pode também ser uma distração.
  • Podes chegar ao pensamento onde o teu pai te critica sempre que fazes algo errado. Isso pode levar-te a muitas vezes a te criticares a ti próprio, a fim de te protegeres das críticas do teu pai.
  • Talvez vais também encontrar o pensamento onde a tua mãe esteja sempre a dizer: “Por favor, vai procurar um verdadeiro emprego”.

Muito provavelmente vais chegar a milhares de pensamentos como esses. Cada um desses pensamentos formam os seus próprios conjuntos de crenças.

Mas provavelmente vais entender que alguns dos pensamentos podem tornar-se conflituosos e levam-te ao ponto de não te deixarem agir.

Assim, se queres ser um trader bem-sucedido deves limpar os pensamentos que te impedem de o ser e, assim, alcançar a serenidade.

A grande parte da educação de um trader bem-sucedido envolve este tipo de trabalho. Imagina olhares para todas as crenças que tens sobre a negociação nos mercados e eliminas aquelas que não te ajudam a ser bem-sucedido. Além disso, imagina eliminar todas as crenças que te limitam.

Agora imagina eliminar todas as crenças sobre o universo que parecem indicar-te que não podes vencer porque o universo está contra ti. Por fim, imagina alcançar todos os teus pensamentos unificados para que não haja conflito na tua mente.

Estas são questões poderosas que podem causar uma transformação pessoal.

Espero que este artigo tenha semeado na tua mente a semente para chegares ao “comprimido vermelho” no trading financeiro ou num outro qualquer aspecto da tua vida.

Ao teu sucesso

O trader

Deixe um comentário